''Hotéis forneceram serviços gratuitos''

Empresária diz que correu riscos calculados de olho no mercado de eventos em Brasília, que estava com demanda aquecida

, O Estadao de S.Paulo

06 de junho de 2009 | 00h00

Em entrevista ao Estado na última sexta-feira, Gabrielle Bennet, sócia da Dialog, admitiu que os preços apresentados na licitação em 2007 são simbólicos. Ela argumentou que adotou uma "estratégia comercial" ao fazer acordo com fornecedores para arcar com os valores irrisórios nos serviços prestados ao governo.Como a Dialog presta serviços com esses valores irrisórios?Na época, para ganhar a licitação, a gente criou uma estratégia comercial. Fizemos acordos com os fornecedores. Para auditórios, por exemplo, como tínhamos possibilidade de eventos muito grandes, fizemos acordo com hotéis, que cederam algumas cortesias. Pegamos essa vantagem e repassamos para a administração pública.A senhora concorda que os valores são simbólicos?Eu concordo, mas, se eu tenho de graça do meu fornecedor, por que vou cobrar da administração pública?Como explica o aluguel de uma UTI Móvel em Brasília por R$ 48 e no restante do país a R$ 4,85?Não foi jogo de planilha. Provavelmente, algum erro de digitação, coisa assim.Por que os valores da licitação na Pesca hoje são superiores?A realidade do mercado mudou. De 2007 para cá houve um aumento significativo na demanda de eventos. Hoje não consigo mais os acordos que conseguia com os hotéis, por exemplo.Alguns contratos de ministérios que aderiram aos preços de 2007 ainda estão em vigor. Se a realidade é outra, como arcar com esse preço irrisório?Eu tenho de honrar. Eu tiro do meu bolso.A Dialog chega a ter prejuízo, então?Sim, com certeza.E como contratar um técnico por R$ 2,43 hoje em dia?Chamamos um técnico de nosso relacionamento e pode fazer o trabalho de graça ou uma cortesia.Em 2007, a senhora não tinha previsão de que outros órgãos públicos iriam aderir aos preços daquele pregão. Como fez acordo com fornecedores?Era um risco que eu tinha de correr. Sentamos com os principais fornecedores e fizemos acordos. Com a ata de registro de preços, a única coisa que posso prever é que a demanda vai aumentar, não diminuir.Por que a empresa cresceu tanto? Justamente porque ganhou uma ata de preços que recebeu várias adesões. L.C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.