Hospital fará redução de estômago pelo SUS

O Hospital dos Plantadores de Cana de Piracicaba anunciou hoje a obtenção de credenciamento do Sistema Único de Saúde (SUS) para realizar cirurgias de redução do estômago. A gastroplastia, como é chamada a operação, é indicada para pessoas com obesidade mórbida. As cirurgias, que custam ao Estado cerca de R$ 2,5 mil cada, terão início no próximo mês. Segundo a direção do hospital, já há uma fila de 150 pacientes a espera da cirurgia. De acordo com o médico Irineu Rasera Junior, a gastroplastia reduz o tamanho do estômago em até 95%. "Após um ano, o paciente pode perder até 40% do peso", explica. O representante comercial Carlos Batista, que tem 25 anos e pesa 180 quilos, será o primeiro a passar pela operação. Segundo os médicos, ele está 100% acima do peso do considerado ideal para sua estatura. "A obesidade me prejudica muito no trabalho já que fico a maior parte do tempo em pé", diz. Segundo Rasera, 5% da população brasileira sofre de obesidade mórbida. O hospital é o segundo na região de Campinas a conseguir credenciamento do SUS. O hospital de Clínicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) também já realiza o procedimento com verba governamental. A unidade de Piracicaba é considerada uma das mais bem equipadas do interior paulista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.