Horário de verão vai começar em 3 de novembro

O ministro de Minas e Energia, Francisco Gomide, confirmou nesta terça-feira que o início do horário de verão deverá começar no dia 3 de novembro, o primeiro domingo após o segundo turno das eleições. O ministro disse que o horário especial será encerrado no início de fevereiro, mais cedo do que em anos anteriores.Gomide informou que essa decisão está sendo tomada por causa da folga no suprimento de energia e da boa condição de chuvas que está se registrando neste ano. Esta será a 29ª vez que o País adota a mudança nos relógios. A economia de energia obtida no horário de pico, das 18h às 22h, é em média de 4,5%.No ano passado, o horário de verão durou 126 dias, começando no dia 14 de outubro até o dia 16 de fevereiro de 2002 e foi implantado nas regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste e no Estado de Tocantins.O presidente do TSE, ministro Nelson Jobim, disse na semana passada que já havia acertado com governo para que o horário de verão comece após o dia 30 de outubro. Segundo Jobim, o relógio das urnas eletrônicas estão bloqueados e programados para ser acionados às 7 horas do dia 6 de outubro, data do primeiro turno das eleições.O ministro disse que os relógios das urnas não estão adaptados ao horário de verão. ?Então, nas eleições de primeiro e segundo turno temos de estar com o horário normal porque senão os relógios vão abrir uma hora antes?, disse Jobim. De acordo com a programação eleitoral, às sete horas dos dias 6 e 27 de outubro será instalada a sessão eleitoral e a votação irá das 8h às 17h.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.