'Honrado', Aécio diz refutar troca de partido

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), disse hoje que se sente "honrado" com convites que têm recebido para mudar de legenda e disputar a Presidência em 2010, mas afirmou que seu "caminho" é no PSDB. Após receber a visita do presidente do DEM, deputado federal Rodrigo Maia (RJ), Aécio agradeceu a declaração do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que admitiu apoiar uma eventual candidatura sua à Presidência caso migre para o PMDB e seu nome seja aceito pela base aliada. "Acho que há um pouco de exagero nisso. Agradeço a referência que o presidente faz, mas acredito que nós estaremos em condições de construirmos juntos, com a participação do DEM e de outras forças políticas, um grande projeto de País", disse Aécio, se referindo à entrevista de Lula ao jornal Folha de S. Paulo de ontem. "E eu, por mais que me sinta honrado com os convites que me têm sido feitos, meu caminho é no PSDB e nisso tenho sido absolutamente claro", completou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.