Hong Kong será declarado livre da Sars nesta segunda-feira

A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou neste sábado que Hong Kong será retirado da lista de áreas afetadas pelo vírus da Síndrome Respiratória Aguda Severa (Sars), a pneumonia asiática, na manhã da próxima segunda-feira. Segundo a OMS, a decisão foi tomada depois que o teste do único paciente suspeito de ter a doença ter dado negativo. O porta-voz da OMS, Peter Cordingley, confirmou que na manhã de segunda-feira Hong Kong estará livre da advertência da OMS caso ?não aconteça nenhum problema de última hora". Ontem, nenhum novo caso da doença ou morte aconteceram em Hong Kong. Nos últimos 20 dias não foram registrados nenhum caso da doença. Segundo local mais afetado pela pneumonia, Hong Kong somou 296 mortes e 1.755 infectados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.