Hong Kong está livre da pneumonia asiática

Hong Kong foi oficialmente declarado nesta segunda-feira livre da Síndrome Respiratória Aguda Severa (Sars), a pneumonia asiática, pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Há 20 dias nenhum novo caso da doença é registrado em Hong Kong, segundo local mais afetado pela doença no mundo.Tung Chee-hwa, membro do governo de Hong Kong, disse estar feliz com a anuncio da OMS, mas fez questão lembrar e lamentar a morte de 296 pessoas em Hong Kong. Para Hwa, é importante manter a vigilância para evitar um novo surto da doença como o que aconteceu em Toronto, no Canadá.A capital chinesa, Pequim, e Toronto continuam na lista da OMS de locais que ainda há perigo de contrair o vírus da Sars. A China, onde foi registrado o primeiro caso da doença, é o país mais atingido pela pneumonia asiática.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.