Hong Kong caminha para o controle da Sars

Hong Kong informou nesta sexta-feira que uma pessoa morreu por causa da Síndrome Respiratória Aguda Severa (Sars, na sigla em inglês) e quatro novos casos foram registrados. É o 16º dia seguido que o número de infectados fica em cinco ou menos em Hong Kong, que tem até agora 274 mortes e 1.736 casos registrados.Na China, país mais afetado pela pneumonia, sete novos casos e uma morte aconteceram nas últimas 24 horas. Apenas um dos casos não aconteceu em Pequim. O país soma 328 mortes e 5.328 infectados. Boas notícias também vêm de Taiwan. A ilha apresentou sete novos casos e nenhuma morte, o melhor balanço das últimas três semanas. O saldo atua é 667 infectados e 81 mortos. Cerca de 90% dos doentes de Taiwan foram infectados em hospitais. Uma campanha para estimular o taiuânes a tirar a temperatura será lançada pelo governo. A capital Taipei instalou 1.800 medidores de temperaturas pela cidade. Além disso, Taiwan vai concentrar os pacientes da pneumonia em apenas dez hospitais. Hoje, 60 hospitais têm pacientes internados com a Sars.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.