Homem invade casa de vereador e faz uma refém em SP

Um homem invadiu na manhã de hoje a casa do vereador e candidato à reeleição Wadih Mutran (PP), na Vila Maria Alta, zona norte da capital paulista, segundo primeiras informações da Polícia Militar. Apenas a empregada da casa foi feita refém pelo bandido, segundo a PM. De acordo com primeiras informações, não há mais nenhum morador na casa. Um helicóptero Águia, da polícia militar, está no local para dar apoio aos policiais. Duas equipes do corpo de bombeiros e uma do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também foram acionadas. Não é a primeira vez que a família do político é alvo de criminosos. O advogado Ricardo Mutran, filho de Wadih, foi seqüestrado em 19 julho de 2006 e libertado depois de 39 dias. Os seqüestradores exigiram R$ 3 milhões, mas o resgate não foi pago.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.