Filipe Araujo/AE
Filipe Araujo/AE

Homem é detido durante manifestação contra corrupção na Paulista

Polícia não confirmou se ele participava do ato, que começou por volta de 13h30, em frente ao Museu de Arte de São Paulo (Masp).

Priscila Trindade / SÃO PAULO, Estadão.com.br

12 de outubro de 2011 | 17h34

 

Um homem foi detido na tarde desta quarta-feira, 12, durante manifestação contra corrupção na Avenida Paulista, em São Paulo. Ele foi preso em flagrante após quebrar o vidro de uma unidade do McDonald´s. A Polícia Militar informou que o suspeito foi imobilizado pela polícia depois de jogar pedras contra o estabelecimento. Ele foi levado para o 78º DP (Jardins). A corporação informou que o suspeito não participava do protesto, que começou por volta de 13h30, em frente ao Museu de Arte de São Paulo (Masp). Ele estava junto com um grupo de punks que também não participavam do protesto.

 

Cerca de mil pessoas iniciaram o protesto na Paulista. Com faixas, cartazes e apitos, eles pediam a aplicação da Lei da Ficha Limpa nas eleições de 2012. A manifestação interditou a via, no sentido Consolação, e a Rua da Consolação, sentido centro, perto da Rua Matias Aires. Por volta das 17h50, os manifestantes estavam na Praça Ramos de Azevedo, em frente ao Teatro Municipal. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), o grupo não há interdição de vias.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.