Dida Sampaio/Estdão
Dida Sampaio/Estdão

Homem de 70 anos dispara tiros em frente ao Supremo e é detido

Autor dos disparos foi encaminhado para Polícia Civil; ninguém foi ferido

Ricardo Della Coletta

21 de fevereiro de 2014 | 12h24

Brasília - Um homem foi detido após disparar tiros para o alto em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF), na manhã desta sexta-feira, 21. Ninguém se feriu. De acordo com a Polícia Legislativa da Câmara dos Deputados, os policiais detiveram um homem chamado Abdias Soares, nascido em 1944, com uma arma já guardada na mochila. Os policiais o abordaram às 9h45, em frente a um dos prédios anexos da Câmara.

Segundo informou a assessoria de imprensa da Câmara, Abdias Soares ainda presta depoimento na Coordenação Judiciária do Departamento de Polícia Legislativa (Depol). A arma será encaminhada para a perícia da Polícia Civil. Em nota, a Câmara informou ainda que ele irá ao Instituto Médico Legal para exame de corpo delito depois do depoimento e, em seguida, para a carceragem da Polícia Civil. Não foi informado, por ora, o que motivou a ação de Abdias Soares.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.