Hoje quem fala é o nosso povo, diz Serra após votar

O candidato do PSDB à Presidência, José Serra, falou rapidamente aos jornalistas após votar neste domingo, 31, na sala 69 do colégio Santa Cruz, no Alto de Pinheiros. "Hoje quem fala é o nosso povo, não é a hora do político falar", disse o tucano. "É o povo que está falando."

André Mascarenhas, do estadão.com.br,

31 de outubro de 2010 | 11h56

 

"Essa é uma das belezas da democracia", ressaltou o tucano. "O povo vota, o povo decide. Agora a gente vai esperar o resultado de todos os cantos do país." Após fazer a declaração, Serra saiu rapidamente do colégio, onde havia uma estrutura montada para permitir que saísse diretamente para o carro.

 

O tucano demorou 36 segundos para efetuar seu voto. Ele estava acompanhado pelo governador de SP, Alberto Goldman, pelo governador eleito, Geraldo Alckmin, pelo vice-governador eleito, Guilherme Afif Domingos, pelo secretário estadual de Educação, Paulo Renato, e pelo senador eleito de SP Aloysio Nunes.

 

Serra votou junto com a neta e o neto. Sua filha, Verônica Serra, e sua esposa, Mônica, também estavam presentes. O candidato posou para fotos após votar.

 

Protesto

 

Do lado de fora do colégio, um jovem exibia um cartaz em protesto, com os dizeres: "Serra, o Papa é contra a camisinha. E o combate à Aids?"

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições 2010SerraVotação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.