Heráclito Fortes evita comentar trabalho de filha de FHC

O primeiro-secretário do Senado, Heráclito Fortes (DEM-PI) afirmou que não vai comentar o trabalho que Luciana Cardoso, filha do ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso, faz em seu gabinete nem a entrevista que ela deu para o jornal Folha de S.Paulo de hoje. Na entrevista, Luciana afirmou que "trabalha mais em casa" e que o "Senado é uma bagunça e o gabinete é mínimo".

ELVIS PEREIRA, Agencia Estado

27 de março de 2009 | 16h22

A assessoria de imprensa do senador confirmou que Luciana é funcionária do parlamentar desde o início do mandato dele, em 2003. Entre as funções da filha de Fernando Henrique estaria a organização de documentos de Fortes. A assessoria também não soube informar o salário da filha do ex-presidente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.