Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Henrique Alves será confirmado no Ministério do Turismo nesta quarta

Ex-presidente da Câmara assumirá pasta de Vinícius Lage, afilhado político de Renan Calheiros; escolha foi chancelada por Eduardo Cunha e Michel Temer

Vera Rosa e Rafael Moraes Moura, O Estado de S. Paulo

14 Abril 2015 | 19h18

Atualizado às 22h07

Brasília - O ex-presidente da Câmara dos Deputados Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) será confirmado oficialmente nesta quarta-feira, 15, no Ministério do Turismo. Para sua indicação, Alves contou com o apoio do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e do vice-presidente Michel Temer, o novo articulador político do governo.

"Amanhã (quarta-feira) deve ser nomeado (o Henrique Eduardo Alves)", disse Temer. Depois, o vice-presidente balançou a cabeça positivamente ao ser questionado se Henrique Eduardo Alves seria mesmo nomeado para o Turismo.


O atual titular da pasta, Vinícius Lages, deixará o cargo, e seu destino ainda não foi definido. Uma das opções oferecidas a ele foi a presidência da Transpetro, mas o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), padrinho de Lages, não aceitou a oferta.

O nome de Henrique Alves vinha sofrendo resistência de Renan, que lutava para manter Lages à frente do cargo.

Questionado sobre o destino do atual ministro do Turismo, Temer respondeu que Vinícius Lages "certamente será aproveitado"

As indicações para o segundo escalão do governo, com diretorias de estatais importantes, devem sair nos próximos dias.



Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.