Heloísa Helena nega acordo para evitar sua expulsão

A senadora Heloísa Helena (AL)descartou hoje qualquer tipo de acordo entre a direção nacionaldo PT e a Democracia Socialista (DS), corrente partidária queintegra, para escapar da expulsão na comissão de ética. "Nãoposso mentir nem dissimular para me livrar do constrangimento",declarou. "Fui convocada e estarei lá (na comissão de ética) nodia 25." A senadora e os deputados João Batista Babá (PA) e Luciana Genro (RS) serão submetidos à comissão por não concordarem com pontos das reformas tributária e da Previdência encaminhadas pelo governo Lula. Parlamentares da DS passaram o fim de semana reunidosnum hotel em São Paulo tentando encontrar uma saída para evitara expulsão da senadora. "Fiz um apelo para que eu não preciseme posicionar sobre a votação das reformas agora", afirmouHeloísa. Ela chamou de "canalha" quem teria insinuado que, porconta do interesse em concorrer à prefeitura de Maceió pelo PT,ela estaria disposta a fazer um acordo e declarar apoio àproposta de reforma da Previdência. "Não sou vigaristapolítica. Não seria capaz de trocar minhas convicções por umalegenda." De acordo com a senadora, alguns colegas da DS tentaramconvencê-la a declarar que irá votar com o partido argumentandoque as propostas deverão sofrer mudanças. "Não posso usar desseestratagema, usar da astúcia para fazer uma dissimulação",disse ela. "Jamais poderia falar que vou votar com o governopois não sei nem qual é o projeto que será votado." O deputado Tarcísio Zimmermann (PT-RS), que participouda reunião no sábado, afirmou que a DS está articulando paratentar "recuperar condições para um diálogo maior dentro dasbancadas". "Estamos trabalhando no sentido de evitar que hajapunição à senadora. Muitas das manifestações da senadora sãocoerentes", afirmou Zimmermann (PT-RS), autor da idéia domanifesto em apoio aos parlamentares radicais ameaçados deexpulsão que provocou, na semana passada, uma das maiores crisesdo partido desde a posse. Para Heloísa Helena, a decisão de punição dos radicaisfaz parte de uma disputa política. "O que está sendo debatido émenos o estatuto e mais a disputa política", disse ela.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.