Heloísa Helena não descarta candidatura à prefeitura do Rio

A senadora Heloísa Helena (PSOL-AL) disse nesta quinta-feira, 23, que tem recebido convites para ser candidata à prefeitura do Rio nas próximas eleições, em 2008, onde obteve seu melhor resultado na corrida presidencial deste ano, conquistando 17,13% de seus votos totais no Estado. A senadora foi terceira colocada no primeiro turno.Em Alagoas, seu estado natal, ela teve 13,32%, o segundo melhor resultado. Seu mandato como senadora termina em dezembro.Questionada sobre a possibilidade, Heloísa desconversou, sem descartar a hipótese de disputar a prefeitura carioca. "Agora não é hora de falar dessas coisas", respondeu, enquanto era alvo da tietagem de funcionários do Tribunal de Contas da União do Rio (TCE-RJ), a maioria mulheres, que disputavam uma foto ao lado da senadora. Heloísa esteve no TCE para a palestra Ética na Gestão Pública. O presidente do tribunal, José Graciosa, disse que a entrada da líder do PSOL na política do Rio seria um "bálsamo"."Pretendo manter meu domicílio eleitoral em Alagoas", disse Heloísa, que no ano que vem deve reassumir o cargo de professora na Universidade Federal de Alagoas. Ela, no entanto, disse que ainda não sabe a que cargo será candidata. "Não sei ainda. Estou naquela fase de serenidade e canja de galinha. Estamos analisando com muita cautela." No momento em que disse ter recebido "muitos convites" para concorrer à prefeitura do Rio, a senadora foi ovacionada pela platéia. "É um povo muito generoso", agradeceu.Heloísa Helena ainda ironizou o fato de que seu cargo no Senado será ocupado, na próxima legislatura, a partir de janeiro, pelo ex-presidente Fernando Collor de Mello. "Cada Estado elegeu o seu próprio Collor, mais descarado ou menos descarado. Fico triste, mas continuo lutando", disse. "Não é por nada não, mas ser trocada pelo Collor...", lamentou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.