Heloísa Helena não confirma pré-candidatura

A senadora Heloísa Helena (PSOL-AL) não assume ser a pré-candidata do partido à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas admite estar apresentando ao país "uma alternativa distanciada da farsa neoliberal e do parasitismo político representada pelas candidaturas do PT e do PSDB". A senadora esteve neste sábado em Ribeirão Preto, onde manteve encontro com filiados de seu partido e do PCB."Estamos discutindo alternativas concretas e ajudando na organização de toda a militância". Mas fez questão de afirmar que a candidatura de seu partido será definida apenas em maio. "Se houver necessidade que seja o meu nome disponibilizado, eu vou para a campanha com muita alegria e combatividade. Se ganhar a eleição será maravilhoso para a maioria do povo brasileiro e o pior dos mundos para meia dúzia de delinqüentes de luxo. Mas se perder eu volto para a sala de aula e serei recebida com flores e bolo de chocolate."A senadora afirmou que "as duas candidaturas que estão fingindo uma falsa polarização são muito fortes, mas não foram fortes o suficiente para nos comprar". Quanto à dificuldade de recursos em sua campanha ela disse que será muito difícil, "porque nós não vamos usar a delinqüência de luxo, a vigarice política e o banditismo eleitoral para fazer campanha política, mas nós estamos no clima de ´pode vir fervendo, que nós estamos feito lava vulcânica´".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.