Heloísa Helena e Paim criticam corte da taxa Selic

A senadora Heloísa Helena (PT-AL), uma das líderes da ala radical do partido, criticou a decisão do Copom de reduzir em apenas meio ponto porcentual a taxa Selic, de 26,5% para 26%. "O que o Copom fez foi jogar para platéia. Até porque, como existe uma pressão por parte do setor produtivo e da sociedade, o Copom fez um rebaixamento dos juros que não interfere em absolutamente nada na economia", disse. Já o vice-presidente do Senado, Paulo Paim (PT-RS), qualificou como "praticamente insignificante" a decisão do Copom. "Só dá um sinal para a sociedade de que efetivamente o governo está entendendo que tem que diminuir a taxa de juros, mas ficou muito aquém do que esperávamos. Nós vamos continuar fazendo pressão", observou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.