Heloísa Helena critica reação de Genoino e Tião Viana

A senadora Heloísa Helena (AL) criticou hoje, em Aracaju, a reação do governo ao manifesto assinado por deputados e senadores do PT contra a decisão da Executiva petista de punir ela e os deputados federais João Batista de Araújo, o Babá (PA), e Luciana Genro (RS) por serem contrários à reforma da Previdência . "Foi uma reação despropositada, porque muito além de um gesto simples de solidariedade humana, de generosidade política", disse a senadora, condenando a atitude do presidente do PT, José Genoino, e do líder do partido no Senado, Tião Viana (AC), que ontem ameaçaram renunciar aos seus cargos para barrar o manifesto. "O que nós esperamos é que essa reação ao manifesto não sinalize uma forma truculenta de atuação na Comissão de Ética do partido", acrescentou a senadora, que esteve em Aracaju em companhia de Babá e Luciana Genro, para participar de um debate sobre a reforma da Previdência, a convite do deputado federal do PT de Sergipe, João Fontes.A deputada Luciana Genro voltou a condenar a atitude de Genoino e Tião Viana. "Foi uma chantagem que, lamentavelmente, parece que funcionou. Mas eu acredito que ainda assim senadores e deputados vão fazer manifestações na comissão de ética contra a nossa expulsão", disse a deputada em Aracaju.Segundo ela, a reação contra a ameaça de expulsão do PT está se espalhando no meio da bancada petista e também na base do partido, entre os militantes e filiados. "Os companheiros que construíram o PT conosco, nos movimentos sociais, sociólogos e juristas, pessoas da mais alta respeitabilidade, estão nos mandando mensagens e moções de apoio, defendendo o nosso direito de ser coerente com o que o PT sempre disse e sempre fez", declarou. "Petistas coerentes" O debate sobre a reforma da Previdência que reuniu em Aracaju os chamados parlamentares radicais do PT foi realizado no Teatro Atheneu, que comporta 1.130 pessoas sentadas e ficou lotado de trabalhadores da iniciativa privada e do serviço público estadual. Durante a visita dos parlamentares o Sindicato dos Auditores Tributários do Estado de Sergipe (Sindifisco) colocou nas imediações do aeroporto de Aracaju e em frente ao teatro faixas de protesto contra a reforma da Previdência que saudavam Heloísa Helena, Babá e Luciana Genro como "petistas coerentes".

Agencia Estado,

16 de maio de 2003 | 20h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.