Hartung propõe que oposição vote orçamento

O senador Paulo Hartung (PSB-ES) propôs que a oposição suspenda a obstrução e concorde em votar o Orçamento da União até a próxima semana, mesmo que isso force a prorrogação da auto-convocação do Congresso. Segundo ele, essa iniciativa da oposição mostraria que ela está preparada para governar o País. "A oposição que aspira chegar ao poder em 2002 precisa demonstrar à sociedade que conhece e que domina os mecanismos da dinâmica da economia mundial e deve se comportar neste momento grave, por conta da crise argentina, contribuindo para manter a estabilidade do País", disse o senador. Segundo Hartung, que integra a oposição, a crise na Argentina é um fato novo. "Votar o Orçamento neste momento de crise é manter a normalidade do funcionamento do governo brasileiro e um sinal positivo da oposição neste momento difícil", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.