Hargreaves expressa tristeza pela morte de Itamar

Um dos amigos mais próximos do senador Itamar Franco (PPS-MG), o ex-ministro Henrique Hargreaves afirmou que, além da tristeza, recebeu com certa resignação a notícia sobre a morte do ex-presidente. Hargreaves foi um dos primeiros a receber telefonema de condolências da presidente Dilma Rousseff, que ofereceu o Palácio do Planalto para o velório. O ex-ministro agradeceu o gesto, mas disse que, por decisão da família, a despedida de Itamar será apenas em Minas.

MARCELO PORTELA E EDUARDO KATTAH, Agência Estado

02 de julho de 2011 | 14h10

Hargreaves observa que, como fez a maior parte da vida, também acompanhou de perto o amigo em seus últimos momentos e diz que, apesar de ainda alimentar esperanças, sabia da gravidade da situação. "Recebi a notícia (da morte) com muita tristeza, mas com certa resignação, porque estava ciente da situação", disse ontem ao Estado.

O ex-ministro, que também foi secretário de Estado durante a gestão de Itamar à frente do governo mineiro, ressaltou, porém, que o mais forte sentimento que ficará será "muito orgulho" do inseparável amigo. "Ele era daqueles que quando parte deixa uma lacuna que não tem como ser preenchida", lamentou.

Outro amigo próximo de Itamar, o ex-deputado federal Marcello Siqueira também lamentou a morte e salientou que a cremação e o depósito das cinzas no túmulo da mãe, em juiz de Fora, foi um desejo manifestado pelo ex-presidente aos interlocutores mais íntimos.

Segundo Henrique Hargreaves, é por causa desse desejo que, apesar da oferta da presidente Dilma, o corpo do ex-presidente não passará por Brasília. De acordo com o ex-ministro, após ser preparado em São Paulo, o corpo do ex-presidente será levado para Juiz de Fora, cidade na Zona da Mata mineira onde o senador vivia. Ele será velado durante todo o dia e noite no município e, na manhã de segunda-feira (4), será encaminhado para Belo Horizonte, onde receberá as últimas homenagens no Palácio da Liberdade, antiga sede do governo mineiro. De tarde, o corpo será cremado em Contagem, na região metropolitana da capital.

Tudo o que sabemos sobre:
ItamarHargreavesmortevelório

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.