Hanna Garib entra com mandado de segurança no STF

O ex-deputado estadual paulista Hanna Garib impetrou ontem, no Supremo Tribunal Federal, mandado de segurança com pedido de liminar contra ato do Ministro do Superior Tribunal de Justiça, Francisco Falcão, que, como relator, negou provimento a recurso de Garib contra a cassação de seu mandato de deputado estadual pela Assembléia Legislativa de São Paulo.O ex-parlamentar paulista solicita sua imediata reintegração ao cargo de deputado estadual, com todos os direitos e prerrogativas, inclusive com possibilidade de concorrer a cargos eletivos, além da liberação e disponibilização dos vencimentos e demais benefícios que se encontram retidos.Os advogados de Hanna Garib sustentam que os princípios da ampla defesa foram desrespeitados e que não foram apontados os fatos que propiciaram a instauração do processo de cassação do seu mandato de deputado estadual. Hanna Garib, quando vereador em São Paulo, foi acusado de envolvimento com uma rede de vendedores ambulantes da cidade que cobravam propinas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.