Haddad tenta contemporizar discurso crítico de Marta

O pré-candidato do PT à prefeitura de São Paulo Fernando Haddad tentou contemporizar o discurso feito pela senadora Marta Suplicy durante homenagem que a Câmara dos Vereadores prestou ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ao discursar, Marta disse que não bastava o "novo" na cidade, mas que será preciso um programa que transformasse a cidade.

DAIENE CARDOSO, Agência Estado

21 de maio de 2012 | 22h17

"Estou totalmente de acordo (com o que ela disse). Essa gestão é muito pouco inovadora", disse Haddad.

O pré-candidato ressaltou que deixou o cargo de ministro da Educação com três meses de antecedência do prazo legal de desincompatibilização e que, desde então, vem se dedicando à sua plataforma de governo para São Paulo. O petista fez questão de lembrar que atuou na gestão Marta (2001-2004) e se referiu à administração petista como "nossa gestão". "A nossa gestão foi muito mais inovadora com um terço dos recursos e eu tive a honra de participar da administração da Marta."

Tudo o que sabemos sobre:
LulavereadoresSPhomenagem

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.