Haddad: SP não é trampolim para carreira política

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), afirmou nesta terça-feira que a Prefeitura de São Paulo voltará a realizar investimentos durante sua administração. "E São Paulo vai perceber isso na qualidade dos serviços", disse.

GUILHERME WALTENBERG, Agência Estado

30 de julho de 2013 | 20h29

De acordo com o prefeito, governar a cidade é um dos "maiores desafios políticos que alguém pode assumir". Ele disse ainda que, devido a essa complexidade, a cidade não costuma servir de trampolim para a carreira política de ninguém. "Todo prefeito de São Paulo envelhece muito rápido. Se você pegar o histórico dos anteriores, você vai ver que a situação não muda muito com ou sem protestos. É uma cidade difícil. Outro dia eu dizia que entendia São Paulo como um cemitério político. Nunca via alguém sair de São Paulo maior", afirmou. Haddad minimizou sua queda nas pesquisas de avaliação, dizendo que não é muito diferente do que ocorreu com outros políticos.

Haddad participou na tarde desta terça de sabatina realizada pelos sete meses de início do seu governo. O evento foi realizado na Arena Tuca, na zona oeste de São Paulo, e foi organizado pelo jornal Folha de São Paulo e pelo site UOL.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.