Haddad responsabiliza Serra e Kassab por ‘apagão dos transportes’

Pré-candidato do PT à Prefeitura de SP atacou mais uma vez as gestões dos adversários

Ricardo Chapola, de O Estado de S.Paulo,

12 de maio de 2012 | 13h39

O pré-candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, atacou mais uma vez neste sábado, 12, as gestões de seu adversário José Serra (PSDB) e do prefeito Gilberto Kassab (PSD) e os responsabilizou pelo que vem chamando de "apagão dos transportes". Haddad criticou "o tempo tucano para se resolver os problemas" ao destacar paralisia no setor.

 

"São Paulo não tem esse tempo mais, o tempo tucano para se resolver os problemas. Por exemplo, para termos o metrô do México, nós teríamos que ter 65 anos do governo do PSDB, trabalhando no ritmo deles", disse em discurso durante o seminário "Conversando com São Paulo", no Sindicato de Engenheiros, no centro de São Paulo, cujo tema foi transporte público e mobilidade.

 

O tema é um dos 4 eixos da plataforma de campanha do ex-ministro e que avalia se tratar de um problema agudo da cidade. As outras 3 diretrizes, anunciadas no final de abril, são moradia, saúde e educação.

 
Tudo o que sabemos sobre:
HaddadKassabEleiçõesSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.