Marcio Fernandes/AE
Marcio Fernandes/AE

Haddad reage a pergunta sobre mensalão e aponta corrupção na equipe de Kassab

Petista rebateu provocação de Serra, que disse 'não precisar responder pela honra junto ao STF'

Bruno Lupion, de O Estado de S. Paulo

15 de agosto de 2012 | 17h09

O candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, apontou "um debate sobre corrupção" na gestão de Gilberto Kassab (PSD), um dia após seu adversário tucano, José Serra, trazer o julgamento do mensalão à campanha municipal e dizer que nenhum integrante de sua campanha "precisa responder pela honra junto ao Supremo Tribunal Federal".

"Existe um debate sobre a corrupção na cidade de São Paulo, nós temos vários secretários municipais que estão respondendo a processos de improbidade", reagiu o petista nesta quarta-feira, 15, após debate com membros do Sindicato dos Professores e Funcionários Municipais de São Paulo. "Temos que discutir a transparência na gestão pública com tranquilidade, não podemos nos omitir diante do que nós estamos assistindo em nenhum nível de governo", afirmou.

O petista ressalvou que o debate sobre a ética na política deve ser permanente, mas não pode ser o único, "pois há outros problemas importantes na cidade".

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.