Haddad pede participação da população em seu mandato

Após a cerimônia de transmissão de cargo, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), foi até a entrada principal da sede da Prefeitura para cumprimentar militantes do PT e de partidos aliados, além de populares que acompanhavam a solenidade por meio de um telão. Em um breve discurso, Haddad pediu que a população se mantenha mobilizada e que trabalhe em conjunto com a nova administração. "Não vamos dispersar. Vamos nos manter mobilizados", pediu.

DAIENE CARDOSO E GUSTAVO PORTO, Agência Estado

01 de janeiro de 2013 | 18h21

Acompanhado da primeira-dama, Ana Estela Haddad, e da vice-prefeita, Nádia Campeão (PCdoB), o prefeito disse aos presentes que não tem a pretensão de "acertar sempre" mas que, mantendo contato com a população, será possível corrigir os eventuais erros. "Não podemos nos assustar com o tamanho dos problemas", acrescentou o novo prefeito.

Ao final da cerimônia, Haddad cumpriu o protocolo e conduziu o ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD) até a entrada do salão principal da Prefeitura. Kassab, no entanto, evitou o contato com o público que acompanhava a cerimônia do lado de fora do prédio e deixou discretamente o local por uma porta lateral.

Tudo o que sabemos sobre:
PrefeituraposseFernando Haddad

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.