Haddad fala sobre incidente envolvendo filho de Alckmin

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), afirmou nesta terça-feira, 4, que "se sensibiliza" com o incidente ocorrido neste domingo, 2, com a família de Geraldo Alckmin (PSDB), referindo-se à abordagem de criminosos ao carro de Thomas Alckmin, filho do governador. "Fico feliz que nada de grave tenha acontecido", afirmou Haddad a Alckmin,

GABRIELA LARA, Agência Estado

04 de fevereiro de 2014 | 11h33

durante a cerimônia da assinatura de convênio entre a Prefeitura e o governo estadual para a construção de 30 mil moradias destinadas a famílias de baixa renda da cidade de São Paulo, no Palácio dos Bandeirantes, na capital paulista.

Thomaz Alckmin estava com a filha de 9 anos no carro quando foi abordado por criminosos em frente ao Clube Paineiras, na Avenida Professor Alcebíades Delamare, zona sul de São Paulo. Seguranças que faziam a escolta de Thomaz teriam trocado tiros com os bandidos.

No seu discurso, após a fala da Haddad, Alckmin não comentou o episódio.

Tudo o que sabemos sobre:
AlckminHaddadmoradiasincidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.