WERTHER SANTANA/ESTADO
WERTHER SANTANA/ESTADO

'Haddad é maior e melhor que o PT', diz Doria

Em discurso a empresários em Buenos Aires, prefeito eleito afirmou que ex-rival é 'homem do bem' e que transição de governo em São Paulo está sendo feita de forma 'republicana'

Pedro Venceslau, enviado especial, O Estado de S.Paulo

14 de outubro de 2016 | 11h54

BUENOS AIRES - O prefeito eleito de São Paulo, João Doria, elogiou na noite dessa quinta-feira, 13, a atuação do atual prefeito e ex-rival, Fernando Haddad (PT), no processo de transição na capital paulista.

"Estamos fazendo uma transição republicana em São Paulo. Estou falando de maneira fluída com Fernando Haddad. Ele foi meu adversário, mas é um homem de bem. Ele é maior e melhor do que o partido a que pertence."

Nessa quinta-feira, Doria fez em Buenos Aires seu primeiro discurso para empresários do Lide (Grupo de Líderes Empresarias) desde que foi eleito. O tucano participa como convidado do 21° Meeting Internacional. 

"Ao término desse segundo turno o Brasil será muito  mais verde amarelo. Alguns imaginavam que o País estava contaminado pelo vermelho", disse Doria durante o discurso a empresários se referindo às eleições para prefeito ainda em curso no País.    

Em maio, quando anunciou sua candidatura, o tucano afastou-se do grupo empresarial, que foi fundado e era presidido por ele. Nesta sexta-feira, 14, o prefeito eleito vai ter uma reunião bilateral com  o prefeito de Buenos Aires, Horácio Lareta. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.