Habeas-corpus para Nicolau é negado por 7 votos a 4

O julgamento em que foi negado o pedido de habeas-corpus para o ex-presidente do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo Nicolau dos Santos Netos, terminou com sete votos contra e quatro a favor.O presidente do Supremo Tribunal, Marco Aurélio Mello, submeteu aos ministros a questão de que a prisão de Nicolau poderia ter caráter ilegal. Isso porque o ex-presidente do TRT está preso há seis meses e o prazo para prisão preventiva é de três meses.Os ministros, entretanto, rejeitaram a questão de ordem, confirmando a manutenção da prisão de Nicolau. Votaram contra o pedido de habeas-corpus os ministros Sidney Sanches, Ellen Gracie, Moreira Alves, Nelson Jobim, Nery da Silveira, Carlos Velloso e Maurício Correa.Estes foram os ministros que votaram a favor do habeas-corpus: Marco Aurélio de Mello, Sepúlveda Pertence, Celso de Mello e Ilmar Galvão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.