Há seis anos tucanos trocam afagos e farpas

Há seis anos José Serra e Geraldo Alckmin travam curioso embate, ora como aliados, ora rivais, sempre de olho na Presidência. Corriam os primeiros dias de 2003, Serra mal se recuperara da derrota para Lula, e o colega, reeleito governador, se lançava informalmente para presidente.Em 2004, Serra concorreu à prefeitura, a contragosto, sob pressão do colega. Venceu. Mas o caso do mensalão, um ano depois, reacendeu o sonho da Presidência. Alckmin, duro, cobrou que ficasse no cargo.O PSDB passou 2006 dividido entre um ou outro. Alckmin insistiu na candidatura, mas acabou sendo vencido por Lula. Serra elegeu-se governador.Alckmin teve de apostar todas as fichas para se lançar à prefeitura, em 2008. Mas o colega apoiava Gilberto Kassab. Perdeu de novo e chegou a vestir o jaleco de médico, sugerindo uma guinada. Mas está de volta, na equipe de Serra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.