Gushiken será homenageado em encontro do PT

Evento já estava programado e foi mantido para servir de homenagem ao ex-ministro

Pedro Venceslau, de O Estado de S.Paulo,

14 de setembro de 2013 | 10h30

O ex-ministro do governo Lula Luiz Gushiken, que morreu de sexta-feira em São Paulo, será homenageado na manhã deste sábado, 14, em um evento organizado pelo PT na quadra dos sindicato dos bancários, no centro da capital paulista.

 

O encontro já estava marcado com antecedência e foi mantido justamente para que servisse como um ato à memória do ex-ministro. O corpo do ex-ministro está sendo velado na manhã desde sábado, 14, em São Paulo.

 

Mensalão. "O Gushiken foi profundamente injustiçado na ação penal 470 (nome técnico do julgamento do mensalão). O Ministério Público queria chegar ao número de 40 indiciados e por isso colocou o nome dele. O MP devia pedir desculpas à família de Gushiken", afirmou deputado Paulo Teixeira, que é candidato à presidência nacional do PT.

 

Em 2006, Gushiken foi denunciado pela procuradoria geral da república junto com outras 39 pessoas no processo, mas seu nome foi excluído em 2012 por falta de provas a pedido da própria PGR.

Na noite de sexta, o também ex-ministro José Dirceu fez uma declaração parecida ao Estado e afirmou que Gushiken "foi o maior injustiçado" na ação penal do mensalão.

 
Notícias relacionadas
Mais conteúdo sobre:
gushiken

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.