Gushiken nega ter conta no exterior e acusa Dantas

O chefe do Núcleo de Assuntos Estratégicos da Presidência, Luiz Gushiken, disse neste sábado, por meio de nota, que não possui conta bancária no exterior. A afirmação foi uma resposta às denúncias publicadas na edição desta semana da revista Veja.A revista afirma que teve acesso a um dossiê elaborado pelo banqueiro Daniel Dantas, do Opportunity, segundo o qual Gushiken e outras lideranças petistas - entre as quais o presidente Luiz Inácio Lula da Silva - teriam dinheiro aplicado em contas no exterior.Na nota, Gushiken faz duras criticas a Dantas e à revista e ainda diz que adotará "todas as medidas judiciais cabíveis". Assessores de Gushiken esclareceram que já está praticamente certo que ele entrará na Justiça contra Dantas. O ex-ministro, porém, ainda vai analisar se moverá algum tipo de ação contra a revista."Trata-se de mais uma manobra espúria do banqueiro Daniel Dantas, com claro objetivo de manipular a opinião pública e esconder os inconfessáveis interesses do grupo econômico que ele comanda. Réu em vários processos no Brasil e no estrangeiro, o banqueiro tenta-se projetar como vítima, embora suas práticas ilegais sejam de amplo conhecimento", disse o petista."Quero repudiar o procedimento da revista que lançou ao público informação mentirosa, sensacionalista, eleitoreira e criminosa. A execração pública de pessoas, sem provas, produz um dano incalculável, visto que as correções, a posteriori, são insuficientes para resgatar a imagem e eliminar a mácula gerada quando tais matérias são difundidas", declarou também Gushiken, por meio da nota distribuída à imprensa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.