Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Gushiken foi sócio de Waldomiro em projeto esotérico, diz revista

A revista IstoÉ Dinheiro traz na edição deste final de semana uma reportagem na qual informa que o ministro da Secretaria de Comunicação da Presidência, Luiz Gushiken, um dos homens fortes do PT, pertenceu à uma mesma comunidade esotérica que o ex-assessor parlamentar da Casa Civil Waldomiro Diniz, há dez anos. Intitulada ?Gushiken foi sócio de Waldomiro?, a reportagem afirma que ambos participaram da Associação Fraterna Mundo Novo, uma organização ?cujo objetivo era criar uma sociedade alternativa, próxima à natureza e aos valores espirituais?.Essa organização adquiriu, em 1994, uma fazenda em Goiás avaliada em R$ 650 mil, com recursos de 19 sócios da associação, entre eles Gushiken e Waldomiro. O ministro afirmou a seus assessores, segundo a revista, que o episódio fazia parte de um passado distante, quando tinha cabelos compridos, que seria sua ?fase de loucura?. De acordo com o assessor Emerson Menin, citado na reportagem, ?Gushiken nunca soube que o Waldomiro era sócio porque não fazia parte da diretoria?.O editor-chefe da IstoÉ Dinheiro, Luiz Fernando Sá, disse à Agência Estado que a reportagem comprova laços antigos entre membros do governo e o ex-assessor do ministro da Casa Civil, José Dirceu. ?Apesar de o governo afirmar que a relação com Waldomiro é recente, comprovamos ser antiga e próxima de vários membros que estão no comando central do governo?, disse. A reportagem está disponível no site da revista (www.istoedinheiro.com.br).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.