Gushiken afirma em nota que não tem conta no exterior

O ex-ministro Luiz Gushiken, do Núcleo de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, desmentiu, em nota, que tenha conta bancária no exterior, como denunciou a revista Veja, em sua última edição, com base em investigação contratada por Daniel Dantas, do Grupo Opportunity. "O autor da matéria e os editores da referida revista, apesar de reconhecerem a inexistência de prova em relação ao fato noticiado, preferiram divulgá-lo, sem que, ao menos, me fosse dado direito de contradizer a afirmação feita pelo banqueiro e seu preposto espião", reclamou Gushiken na nota divulgada por sua assessoria.Para Gushiken, a acusação é mais uma "manobra espúria" de Daniel Dantas, "com claro objetivo de manipular a opinião pública e esconder os inconfessáveis interesses do grupo econômico que ele comanda". "Réu em vários processos no Brasil e no exterior, o banqueiro tenta-se projetar como vítima, embora suas práticas ilegais sejam de amplo conhecimento", acrescenta Gushiken, na nota.Ele afirma ainda "de modo veemente" que não possui conta bancária no exterior, recursos em moeda estrangeira ou qualquer outro patrimônio distinto dos já declarados à União e à Receita Federal."Considero lamentável que se dê credibilidade e espaço para consagrar um padrão informativo que corresponda a endossar toda e qualquer denúncia, fundada em provas ou não. Desta forma, abre-se o caminho para a proliferação da difamação e da calúnia", alertou. Gushiken encerra afirmando que adotará "medidas judiciais cabíveis" para a defesa de sua honra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.