Guimarães: Congresso deve reagir 'à altura' contra EUA

Após encontro com o vice-presidente Michel Temer e a chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, o líder do PT na Câmara, José Guimarães (CE), disse nesta segunda-feira, 2, que o governo espera que o Congresso também reaja "à altura" contra a espionagem dos Estados Unidos. De acordo com Guimarães, a presidente Dilma Rousseff ficou "indignada " com o episódio. "Ela não vai deixar isso por menos", afirmou.

DAIENE CARDOSO, Agência Estado

02 de setembro de 2013 | 20h54

Ele disse que o Congresso deve agir em conjunto contra o governo dos EUA, aprovando uma moção de repúdio e até mesmo uma comissão parlamentar mista de inquérito (CPMI) para apurar as ações do governo norte-americano que violaram a soberania brasileira. "Defendo que o Congresso se manifeste e avancemos em direção a uma CPMI", sugeriu.

Tudo o que sabemos sobre:
EspionagemDilmaEUAGuimarães

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.