Guiana mantém ponte interditada

A ponte entre Brasil e Guiana, inaugurada no domingo pelo governador José de Anchieta, continua interditada pelas autoridades guianenses. Ontem à tarde, dois militares que montavam guarda sobre a ponte explicavam que a interdição se devia ao fato de ela ainda não ter sido inaugurada oficialmente. Deve ser liberada, após solenidade em data a ser acertada entre os governos dos dois países.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.