Guerra responde ao PT e diz que sigla faz 'terrorismo eleitoral'

Para tucano, 'muito do que o governo chama de PAC não passa de pedras fundamentais para servir de palanque'

Rodrigo Alvares, do estadao.com.br,

20 de janeiro de 2010 | 17h25

O presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), respondeu na tarde desta quarta-feira, 20, à declaração feita na última terça-feira, 19, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva de que "não haverá mais espaços para retrocessos". O discurso ocorreu durante a inauguração da barragem do rio Setúbal, em Jenipapo (MG). Para Guerra, "o PT é doutor em terrorismo eleitoral. Foi assim nas eleições de 2006, e vai se repetindo agora. Não respeitam a Lei Eleitoral, fazem campanha com dinheiro público todos os dias e desconhecem o funcionamento de um partido democrático".

 

Veja Também

link'PSDB perdeu oportunidade de ficar calado', diz Berzoini

linkMinistra usa tom nacionalista em inauguração

linkSerra diz não fazer propaganda com a máquina

linkLula quer o máximo de inaugurações até março

linkPresidente diz estar certo de que fará sucessor

linkAliados investem na 'mineirização' de Dilma

link'Nunca se combateu tanto a corrupução'

 

De acordo com o senador, "muito do que o governo chama de PAC não passa de pedras fundamentais para servir de palanque eleitoral". "O Brasil precisa de investimentos em infraestrutura desenvolvidos de acordo com a Lei, como os que o Congresso Nacional aprovou ao votar o Orçamento da União. Com cronogramas responsáveis e não apenas mera ficção."

 

Na última segunda-feira, a ministra-chefe da Casa Civil discursou contra o PSDB e o senador pernambucano. "Muitas pessoas tem dito nos últimos dias, aliás o próprio presidente do partido de oposição disse que acabaria com o PAC porque o PAC não existe e ele acabaria com essa história do PAC", disse a pré-candidata do PT à Presidência da República, referindo-se a uma entrevista de Guerra para a revista 'veja'.

 

O presidente do PT, Ricardo Berzoini, emitiu nota para manifestar repúdio a recentes declarações dos tucanos. "O PSDB demonstra que está descontrolado para a legítima disputa de projetos que ocorrerá neste ano de 2010", escreveu. O Blog do Planalto destaca o componente eleitoral das últimas declarações do governo em um texto publicado hoje com o título "A partir de agora não há espaço para retrocesso". Nele, o presidente destaca que "a tendência daqui para frente é oferecer aos brasileiros, por exemplo, mais serviços de saúde e educação".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.