Guerra quer chapa única do PSDB para Prefeitura de SP

Situação se agravou com a decisão dos vereadores de registrar uma chapa em favor da reeleição de Kassab

CIDA FONTES, Agencia Estado

18 de junho de 2008 | 17h38

O presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), foi nesta quarta-feira, 18,  a São Paulo para se reunir com o líder do partido na Câmara Municipal, Gilberto Natalini, e com o secretário de esportes municipal, Walter Feldman, na tentativa de obter um acordo em favor da chapa única para disputar Prefeitura da capital paulista. A situação se agravou com a decisão dos vereadores de registrar uma chapa em favor da reeleição de Gilberto Kassab  (DEM).  Veja Também:'Racha do PSDB em SP é ensaio geral para 2010', diz analistaCalendário eleitoral das eleições deste ano   Além de Kassab, a chapa já antecipava a disputa de 2010, manifestando apoio às candidaturas do governador José Serra para a Presidência da República e de Geraldo Alckmin para o governo estadual. Nas conversas com o grupo pró-kassab e com Serra, Sérgio Guerra advertiu repetidas vezes para os desdobramentos negativos de um racha no PSDB paulista, podendo ter repercussão na eventual candidatura de Serra ao Planalto. O próprio governador reconheceu que a disputa não é conveniente e nem a divisão do partido. Desde o início das negociações, Sérgio Guerra vem defendendo a união do PSDB em defesa da candidatura de Geraldo Alckmin para a prefeitura.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.