Guerra: acordo sobre propostas é a 'lavoura' do PSDB

O senador Sérgio Guerra (PSDB-PE) disse que a "lavoura" do PSDB é um acordo em torno dos princípios apresentados pelo partido para a negociação da prorrogação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF). Ele deu essa declaração ao ser questionado se o PSDB é a "salvação da lavoura do governo", como teria dito ontem o ministro da Relações Institucionais, Walfrido Mares Guia. O senador participou hoje da reunião com o ministro da Fazenda, Guido Mantega. O presidente do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE), acrescentou que ainda falta muito para se chegar num consenso na negociação com o governo. "Falta muito. É preciso que cheguem as propostas concretas", disse. Os pontos apresentados pelo PSDB que o governo aceitou negociar são: apontar de forma clara e firme a redução da carga tributária, reduzir as despesas correntes de custeio, criar uma Lei de Responsabilidade Fiscal para o governo federal, aumentar a parcela da arrecadação da CPMF destinada à área de saúde e compromisso com a reforma tributária em um ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.