Grupos armados atacam Palácio Guanabara e delegacia

Grupos de bandidos armados atacaram a tiros o Palácio Guanabara, a sede do governo estadual, patrulhas das polícias civil e militar, além de uma delegacia de polícia, durante a madrugada de hoje. Um dos grupos jogou uma granada de fabricação nacional na entradaprincipal do Shopping Rio-Sul, em Botafogo. A explosão abriu um buraco na calçada e danificou a marquise do shopping, não houve feridos. A 6ª DP (Cidade Nova), que fica ao lado do Batalhão de Choque ? onde estão presos os traficantes que comandaram a rebelião em Bangu I ? foi metralhada por um grupo armado. Dois policiais civis não identificados morreram depois de terem sido baleados em dois confrontos, em São Cristóvão. O Cabo Marcos, do 1º BPM (Estácio), na saída do Túnel Santa Bárbara, no Catumbi, também foi baleado. As informações foram noticiadas pela Globonews. As ações armadas ocorreram depois de uma tentativa de invasão do presídio Bangu III, por outro grupo de bandidos armados. A PM havia recebido informações de que as ações seriam orquestradas, mas nenhumaautoridade policial confirmou as suspeitas. Em Laranjeiras, moradores relataram ter visto homens armados ocupando motocicletas, fazendo disparos na Rua das Laranjeiras e na Pinheiro Machado. Cinco pilastras do Palácio Guanabara foram atingidas por tiros. Em Bangu, um grupo de bandidos, armados com fuzis, tentou resgatar detentos do presídio Bangu III, no complexo penitenciário de Bangu, por volta de 21h50m de ontem. Os criminosos utilizaram um depósito de lixo nos fundos do complexo, para tentar invadir o presídio. Policiais militares do 14 Batalhão (Bangu) foram acionados e trocaram tiros com oscriminosos que escaparam. Enquanto os PMs enfrentavam os bandidos do lado de fora, do lado de dentro detentos saíram das celas, tomaram uma das galerias do presídio e fizeram reféns três agentes penitenciários. A rebelião ainda não foi solucionada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.