Grupo já discute futuro governo de Benedita

O Grupo de Trabalho (GT) que irá elaboraras linhas gerais de uma provável administração comandada pelavice-governadora Benedita da Silva (PT), com adesincompatibilização do governador Anthony Garotinho (PSB), emabril, faz a sua primeira reunião nesta quarta-feira. Segundo o coordenador do GT, o sociólogo Luiz EduardoSoares, que foi ex-coordenador de Segurança de Garotinho, aidéia é realizar um programa de governo que rompa com astradições "populista" e "conservadora tecnocrática" quesempre se alternaram na história política do Rio. "Vamos manteralguns programas do senhor Garotinho, como o Restaurante Popular que é uma idéia do Betinho, mas teremos de revisar outros, decunho mais clientelistas, como o Cheque-Cidadão", explicouSoares. O GT reúne integrantes de todas as correntes do PTfluminense, exceto da Refazendo, mais a esquerda, que se recusoua indicar um integrante. A corrente diz querer ter independênciaem relação a um possível governo Benedita. Segundo um dos seus integrantes, Antônio Neiva,secretário de comunicação do PT municipal, o grupo espera umaposição mais firme da vice-governadora contra o governoGarotinho. Eles acreditam que uma administração Benedita nãosignificaria uma ruptura administrativa em relação às políticaspúblicas já desenvolvidas pelo governador do PSB, ex-aliado ehoje adversário do PT.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.