Claudia Trevisan/Estadão
Claudia Trevisan/Estadão

Grupo faz protesto contra Temer na chegada de presidente em Nova York

Manifestantes prometem protestos todos os dias da viagem do presidente; Ele está na cidade para participar da Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) e de um almoço com empresários para falar de concessões

Altamiro Silva Junior, correspondente, e Claudia Trevisan, enviada especial, O Estado de S.Paulo

18 de setembro de 2016 | 19h11

NOVA YORK - Um grupo de cerca de 20 pessoas protestou neste domingo, 18, em frente ao hotel onde o presidente Michel Temer está hospedado em Nova York, o Plaza Athénée. Segurando faixas, cartazes e com muitos apitos, o grupo recebeu o peemedebista na chegada na cidade com gritos de “fora Temer” e “golpista”.

 

Temer desceu do carro sorrindo, mas não falou com a imprensa e entrou direto no hotel. O presidente não tem compromissos oficiais neste domingo e a previsão é que fique no hotel.

 

O grupo de manifestantes promete uma série de protestos em todos os dias da viagem do presidente em Nova York, onde o dirigente participa da Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) e de um almoço com empresários para falar do programa de concessões, além de outros eventos sobre refugiados e sobre o Acordo de Paris para o clima.

 

O grupo que organiza o protesto é o "Defend Democracy in Brazil", que realizou outros protestos na cidade contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff. Um dos cartazes no evento deste domingo dizia, em inglês, “Dilma é nossa presidente” e "Parem o golpe no Brasil". 

Tudo o que sabemos sobre:
Michel TemerNova YorkONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.