Grupo entra em confronto com a PM em Guarulhos-SP

Um grupo de 30 manifestantes entrou em confronto nesta quinta-feira, 7, com as Polícias Ambiental e Militar em Guarulhos, na Grande São Paulo, logo após a presidente Dilma Rousseff participar de um evento no Centro Educacional Unificado (CEU) no bairro Pimentas. No evento, Dilma anunciou a liberação de obras para a mobilidade urbana na cidade.

GUSTAVO PORTO E PEDRO VENCESLAU, Agência Estado

07 de novembro de 2013 | 19h06

Os manifestantes estavam em frente ao CEU Pimentas desde o início da tarde. Eles gritavam palavras de ordem contra a Copa do Mundo e picharam o muro de um imóvel em frente ao local, com as frases: "Todo apoio aos black blocs" e "Guarulhos também tem revolta popular". Outra reivindicação pedia melhores condições de ensino. De acordo com os manifestantes, o prédio da universidade que foi prometido ao município nem sequer foi construído. Após um pequeno conflito, um jovem foi detido e levado do local por um carro da Guarda Civil Municipal de Guarulhos para o 4º Distrito Policial (DP) da cidade. Segundo ativistas, o detido é um menino tem 13 anos.

Tudo o que sabemos sobre:
DilmaSPprotesto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.