Grupo do PFL negocia sustação da expulsão de ACM

Um grupo de senadores do PFL está reunido para tentar um acordo com a direção nacional do partido para sustar o pedido de expulsão do senador Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA). O deputado Onix Lorenzoni (PFL-RS) apresentou ontem ao presidente nacional do partido, senador Jorge Bornhausen (SC), o pedido de expulsão do senador baiano por ter planejado o jantar de segunda-feira com o presidente Lula na casa do ministro da Casa Civil, José Dirceu. Bornhausen pretende submeter o pedido de expulsão à apreciação da Executiva Nacional do partido. O movimento pró-ACM começou ontem à tarde e, à noite, no restaurante Piantella, senadores trataram do assunto com Bornhausen (SC) e com o líder do partido no Senado, José Agripino (RN). Estão à frente do grupo de conciliação os senadores Demóstenes Torres (GO), Heráclito Fortes (PI) e Cesar Borges (PFL-BA).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.