Grupo de sem-terra é preso em MS

Um grupo de sem-terra ligado ao Movimento Nacional dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) foi preso hoje no Acampamento Santa Rosa, município de Itaquiraí, no extremo sul de Mato Grosso do Sul, divisa com o Paraguai, com base em denúncias dos moradores do acampamento. Segundo eles os sem-terra estariam ameaçando com armas fazendeiros e empregados da região.A investigação feita por policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) durou 10 dias. Hoje os policiais cercaram o local e fizeram as prisões com a apreensão de várias armas. Estão presos na sede do DOF em Dourados os irmãos Valdecir, Valdir, Sidnei, Valdair e Sival Ávila Lima. Com eles foram encontrados seis revolveres e uma espingarda. Sival tinha contra si um mandado de prisão por tentativa de homicídio em Navirai.Também foram presos Aparecido Bispo da Silva, Valter dos Santos, Floriano Rodrigues Ricieres, Cleiton Vanilton José Maria, Valmir Nardoto, Edvaldo José dos Santos e José Teixeira. Eles prestaram depoimento para os delegados do DOF e ficarão presos até que a Justiça determine o destino de cada um. Os sem-terra disseram que fazem parte do MST e que estavam descontes com o movimento pela demora na desapropriação de terra na região de Naviraí e Itaquiraí.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.