Gustavo Lopes/Rádio Estadão
Gustavo Lopes/Rádio Estadão

Grupo comemora com fogos de artifício afastamento de Dilma em frente à Fiesp, na av. Paulista

Cerca de 30 pessoas também ocuparam duas faixas da direita da via com bandeiras do Brasil e apitos. Via foi liberada às 7h17

LUCIANA AMARAL, O ESTADO DE S. PAULO

12 de maio de 2016 | 08h33

Um grupo comemorou com fogos de artifício em frente à Fiesp, na Avenida Paulista, a aprovação do afastamento de Dilma Rousseff da Presidência da República por 180 dias pelo Senado na manhã desta quinta-feira, 12. Assim que o resultado foi divulgado às 6h33, foi possível ouvir o barulho dos fogos. Houve também uma distribuição de espumante aos presentes.

Cerca de 30 pessoas ainda ocuparam duas faixas da direita da via no sentido Paraíso com bandeiras do Brasil e apitos. A via foi liberada às 7h17 e o trânsito flui normalmente. O acampamento a favor do afastamento de Dilma, montado há meses, continua no local.

Apoio. A sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo foi palco de grandes manifestações a favor do impeachment de Dilma, inclusive como ponto de encontro. Em dezembro do ano passado, a Fiesp anunciou o apoio formal ao impeachment. Nos últimos meses, o prédio estampava os escritos "Renúncia Já", "Impeachment" e outras palavras contra o governo.

A principal campanha da Fiesp "Não vou pagar o pato - diga não ao aumento de impostos" tem como símbolo um pato amarelo inflável, presente nos atos pró-impeachment. Ele virou alvo de manifestantes pró-Dilma e foi cortado em diversas cidades, como na própria Avenida Paulista, onde um rapaz chegou a ser detido com uma faca, e em Brasília.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.