Gripe faz FHC cancelar jantar em SP

O presidente Fernando Henrique Cardoso cancelou um jantar que teria com empresários paulistas, na cidade de São Paulo, para tentar repousar e se curar da gripe que pegou durante a viagem de dez dias a países da Ásia, feita na segunda quinzena de janeiro. Hoje, pelo terceiro dia consecutivo, o presidente transferiu sua agenda de audiências e reuniões para o Palácio da Alvorada. Segundo o porta-voz, Georges Lamazière, o presidente está um pouco melhor, mas não está conseguindo repousar "como gostaria e como deveria" porque tem tido muitas audiências. "Mas ele não irá a São Paulo em função da gripe e da necessidade de repouso", comentou. O chefe da equipe médica da Presidência, Ricardo Camarinha, recomendou repouso ao presidente e inalações, para reduzir a tosse e o congestionamento nos pulmões. Segundo um interlocutor do presidente, Fernando Henrique tem optado por ficar no Alvorada porque no Planalto não é possível evitar o ar-condicionado. A crise provocada pela disputa eleitoral para a presidência da Câmara e do Senado entre partidos da base aliada têm tornado quase impossível o repouso presidencial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.