Greve do Judiciário de SP continua após 78 dias

Cerca de mil servidores do Poder Judiciário paulista votaram hoje, no centro de São Paulo, pela continuidade da greve que já dura 78 dias. A assembleia teve início às 14 horas na Praça João Mendes e durou cerca de uma hora.

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

14 Julho 2010 | 18h23

Hoje, o protesto foi pacífico, diferente do ato feito no último dia 7. Segundo a Associação dos Oficiais de Justiça do Estado de São Paulo (Aojesp), os policiais usaram spray de pimenta e balas de borracha para conter a manifestação, no momento em que os servidores abraçariam o Fórum João Mendes como forma de protesto.

A categoria irá realizar outra assembleia na quarta-feira, dia 21, no mesmo local. Os grevistas pedem reposição salarial de 20,16%, além do desconto dos dias parados durante a greve.

Mais conteúdo sobre:
Judiciário greve SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.