Greve da PF para 2 mil inquéritos no Piauí

Os policiais federais entregaram nesta terça os distintivos e as armas informando que suspenderam todas as investigações em andamento, inclusive, as eleitorais. Cerca de dois mil inquéritos ficarão parados. Segundo o presidente do Sindicato dos Servidores da PF no Piauí, Luis Alberto da Silva, os agentes cobram valorização da categoria e a mudança no comando geral da PF. O Departamento vai funcionar apenas de forma administrativa e atender casos de urgência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.