Gregori visita família de Covas no Incor

O ministro da Justiça, José Gregori, acompanhado da mulher Maria Helena, fez hoje uma rápida visita à família e amigos do governador licenciado Mario Covas no Instituto do Coração (Incor). Ao deixar o hospital, o ministro disse que telefonaria para o presidente Fernando Henrique Cardoso, dando-lhe notícias sobre o estado de saúde de Covas. Segundo ele, o quadro é grave e preocupante. Quando Gregori deixava o Incor, um grupo de vereadores da Câmara Municipal de São Paulo, representando todos os partidos da Casa, entraram para a sala reservada às autoridades, onde as visitas registram a presença num livro. "Estou esperançoso" disse o ministro da Justiça, acrescentando que "enquanto há um fio de vida, há esperança". Gregori considerou positivo o fato de a equipe médica que assiste o governador não tê-lo sedado. "Eles deixaram agir o principal capital que ele (Covas) tem, que é a energia, a fibra e a vontade de viver", declarou Gregori.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.